Projetos

Composições recentes:

  • Linhagens 

Composta em 2016, Rev. 2019, Linhagens foi selecionada para o Festival Tinta Fresca 2019 e será estreada em Belo Horizonte, 18.06.2019, pela Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

  • Cirque du Bauhaus

Ciclo de peças inspiradas na estética modernista ligada ao movimento Bauhaus – especialmente a obra L’Histoire du Soldat de Igor Stravinsky – encomenda da Bauhaus Universität e Hochschule für Musik Franz Liszt – estréia no Full Dome Festival no Jena Planetarium 22.05.2019

pré-estréia em 12.04.2019, na Bauhausfest em Weimar, com uma seleção de peças (Hymne für das Live-Orchester).

notícia da imprensa (em alemão):

https://jena.otz.de/web/jena/startseite/detail/-/specific/Jena-Eine-Zirkus-Dimension-fuer-das-Bauhaus-1952962783?fbclid=IwAR255mXSR3K7A4Ssv4LBD1ci_nD5Q96Mm4lP4He-J2mtPAbkSNPr7rF2taA

matéria de divulgação em video (a partir de 2:17)

https://www.salve.tv/videos/de/2019/190412_Beitrag_RomanMoebiusBauhausfestival_INET.mp4

  • Omonawana – para orquestra sinfônica

Obra inspirada na música, mitologia e cultura indígena xinguana, como parte da minha pesquisa atual sobre composição transcultural. estréia: 28.04.2019, Jenaer Philharmonie, em Weimar.

Chamada do Concerto (em alemão)

https://www.jenaer-philharmonie.de/konzert/gastspiel-via-nova.html?fbclid=IwAR3KRu0XWfRvnrTSshw6i5HPOs9bCnSxVPvg4cQNnn1PDa24HQiKc-adQB0

Artigo em preparação:

Composição Transcultural: o artigo tratará de levantar fundamentos para a composição musical contemporânea através do conceito de transculturalismo. Passando por estudos antropológicos da pós-modernidade, pós-colonialismo e globalização da cultura, será feita uma revisão crítica do exoticismo na música de concerto a partir do século XIX. Através de elementos da semiótica, teoria das tópicas e retoricidade, o artigo visa propor as bases para uma composição transcultural.