The City and the Country in Villa-Lobos’s Prelude to the Bachianas Brasileiras no. 2: Musical Topics, Rhetoricity and Narrativity

Piedade, Acácio T. C. The City and the Country in Villa-Lobos’s Prelude to the Bachianas Brasileiras no. 2: Musical Topics, Rhetoricity and Narrativity, Revista Portuguesa de Musicologia, 4/1, 2017, p. 83-100.

Leia o artigo completo aqui 

In this article I examine Heitor Villa-Lobos’s Prelude to Bachianas Brasileiras no. 2 from the perspective of topic theory. I begin by raising some theoretical issues about topic theory and rhetoricity, intertextuality and music narrativity. After a brief historical contextualisation of the work, I present analytical comments on the Prelude’s sections. In the conclusion, I present a cultural interpretation of the analysis, complementing the analysis’ results with the theory of narrativity to offer an interpretation of this piece.

Modelação do tempo: Salvatore Sciarrino, Janelas e Nublamento

Piedade, Acácio T. C. Modelação do tempo: Salvatore Sciarrino, janelas e nublamento. Revista Opus, vol. 23, nr. 2, agosto/2017, p. 131-154.

Leia o artigo completo aqui

Neste artigo pretendo discutir uma das figuras da linguagem musical do compositor italiano Salvatore Sciarrino: a forma em janelas. Após definir esta figura da maneira como o compositor a explica, procurarei mostrar que, na composição, as janelas podem se abrir tanto para dentro quanto para fora do discurso musical. De um lado, elas apontam para um ambiente interior da composição, constituindo uma remissão interna. De outro, provocam o ouvido a compreender a referência externa, construindo uma intertextualidade. A partir da janela para fora, tratarei de técnicas de distorção, particularmente daquela que chamo de nublamento. Nas conclusões retomarei a questão da memória e da composição enquanto modelação do tempo.

 

Planejamento Composicional como narrativa: Uma Reflexão sobre Tópicas, Narratividade e Composição Musical a partir do Prelúdio da Bachianas No. 2 de Heitor Villa-Lobos

PIEDADE, Acácio T. C. Planejamento Composicional como Narrativa? Uma Reflexão sobre Tópicas, Narratividade e Composição Musical a partir do Prelúdio da Bachianas No. 2 de Heitor Villa-Lobos. In Ilza Nogueira e Guilherme Barros (eds.) Teoria e Análise Musical em Perspectiva Didática. Salvador: UFBA, 2017, p. 207-219.

Inversão de causa e efeito – uma análise da peça “Salut für Caudwell” de Helmut Lachenmann

PIEDADE, Acácio T. C. ; MENSING, Benedikt. “Inversão de causa e efeito – uma análise da peça Salut für Caudwell de Helmut Lachenmann”. Anais do VI Simpósio Internacional de Musicologia. Goiânia: UFG, 2016, p. 235-243.

2016 Mensing e Piedade

Neste trabalho comentaremos a obra Salut für Caudwell, composta para dois violões pelo compositor alemão Helmut Lachenmann (1935). Lachenmann é expoente de uma corrente que pode ser denominada “música sonora” (Klangmusik), uma música que abandona as técnicas tradicionais de compor com notas, funções e categorias como “consonância” e “dissonância” pela idéia de “som como uma mensagem transmitida pelo próprio mecanismo original, logo, som como experiência de energia”, como afirma o compositor. Apresentaremos uma breve biografia do compositor e em seguida discutiremos o conceito de música concreta instrumental. Mostraremos parte do vocabulário analítico-sonoro que Lachenmann desenvolveu para a música concreta instrumental em exemplos musicais de Salut für Caudwell. Ao final acha-se uma análise da obra e algumas conclusões.

Ravel na chuva: considerações analíticas sobre Anamorfosi para piano solo, de Salvatore Sciarrino

PIEDADE, Acácio T. C. ; MEDEIROS, Arílton. “Ravel na chuva: considerações analíticas sobre Anamorfosi para piano solo, de Salvatore Sciarrino”. Anais do XXVI Congresso da ANPPOM. Belo Horizonte, ANPPOM, 2016.

Leia o artigo completo aqui

Este artigo é uma análise da obra Anamorfosi (1980), para piano, do compositor italiano Salvatore Sciarrino, nascido em 1947. Nesta obra o compositor pratica uma transformação da famosa canção popular Singing in the Rain, mundialmente conhecida através do filme homônimo, na qual a canção é perpassada musicalmente por outra obra, Jeux d’Eau, para piano, de Maurice Ravel. Nesta curta obra de Sciarrino encontra-se em um jogo de linguagens musicais que “deforma” a canção pouco a pouco através da música de Ravel. Vamos tratar desta obra através dos conceitos de re-escrita, intertextualidade e “forma a janelas”.

Questões de Intertextualidade e Composição em Fascination para violoncelo e piano (2013) de Acácio Piedade

PIEDADE, Acácio T. C. ; AUGUSTO, Raphael. “Questões de Intertextualidade e Composição em Fascination para violoncelo e piano (2013) de Acácio Piedade” Anais do XXVI Congresso da ANPPOM. Belo Horizonte, ANPPOM, 2016.

Leia o artigo completo aqui

Este artigo pretende realizar uma análise da composição Fascination (2013) para piano e violoncelo, de Acácio Piedade, à luz da teoria da intertextualidade. Primeiro é definido o conceito de intertextualidade tal como surge na crítica literária da segunda metade do século XX. Em seguida, brevemente, os usos da intertextualidade na história da música ocidental são exemplificados e o conceito de intertextualidade é definido no campo da composição musical contemporânea, antes de se dar a análise propriamente dita. Concluímos que Fascination apresenta diversos procedimentos intertextuais comuns à composição contemporânea que desafiam as noções de “autoria” e de “originalidade”.

 

Ferramentas intertextuais em Mystery Variations on a Theme by Giuseppe Colombi, para violoncelo solo

PIEDADE, Acácio T. C. ; SCHMITT, Érico. “Ferramentas intertextuais em Mystery Variations on a Theme by Giuseppe Colombi, para violoncelo solo”. Anais do XXVI Congresso da ANPPOM. Belo Horizonte, ANPPOM, 2016.

Leia o artigo completo aqui

Esta comunicação propõe uma análise da obra intitulada Mystery Variations on a Theme by Giuseppe Colombi (2012), de vários/as compositores/as, dedicada ao violoncelista finlandês Anssi Karttunen. Ela contem trinta e uma composições para violoncelo utilizando como base uma das primeiras obras escritas para este instrumento: a Chiacona per Basso Solode Giuseppe Colombi (1635-1694). A análise visa descrever processos intertextuais baseando-se em ferramentas descritas por Harold Bloom, Kevin Korsyn e Joseph Straus.

Os usos da linguagem na análise musical

PIEDADE, Acácio T. C. Os usos da linguagem na análise musical In Ilza Nogueira (ed.) O Pensamento musical criativo: teoria, análise e os desafios interpretativos da atualidade. Salvador: UFBA, 2015, v.1, p. 201-206.

Neste trabalho pretendo discutir aspectos do vocabulário teórico-analítico sob uma perspectiva crítica. Atualmente poucos discordam do fato de que os analistas, através do uso de determinadas terminologias, criam verdadeiras ficções, como mostrou Marion Guck. Pois o texto analítico, como qualquer texto, está sempre permeado da subjetividade e implicado de uma retoricidade. Os vocabulários refletem visões de mundo e nexos socioculturais. Neste sentido, seria útil discutir alguns estilos de escrita e termos que vêm sendo empregados na literatura da área de teoria e análise musical e, com Wittgenstein, reconhecer as limitações inerentes do uso da linguagem.

Leia o artigo completo aqui

Flutes, Songs and Dreams: Cycles of Creation and Musical Performance among the Wauja of the Upper Xingu (Brazil)

The Wauja of the Upper Xingu say that their musical ritual is simultaneously of and for the spirits. I will address some factors of their cosmology and shamanism, and then investigate men’s kawoká rituals and women’s songs performed in iamurikumã rituals. I consider these two rituals to be integral parts of a single set, the kawoká–iamurikumã symbolic–ritual complex, in which there is a deep correlation between men, women and spirits: the latter transmit their musical creations to humans through dreams. Only the male master of the kawoká flutes and the female mistress of the iamurikumã songs are capable of memorising and reproducing this musical material. During ritual performance, the women transform the music of the flutes into iamurikumã songs and vice versa. Through ritual performance, the musical creation of the spirits is returned to them in a humanised and transformed form

Read the full article here.

Rabeca Reborn: the revival of the Brazilian fiddle and the historical performance of music

The renascence of forgotten instruments has been an important issue in the musical world in the last decades, and it is linked to the strangulation of the Western musical language as a consequence of the modernist search for the new: the culture of progress. This reaction made possible the critique of the cultural centralism and the valuation of the peripheries. This is the context for the rising of the so-called Historically Informed Performance movement (HIP), which retakes old interpretative practices through the use of long abandoned instruments as much as the reevaluation of the performer as a co-creator of the musical work, this happening after a long period of romanticist filter. On the other side, the post-modern re-emergence of local identities urged a valuation and re-signification of regional musical practices that feed the cultural industry of the so-called World Music. In this article we are putting side by side the Baroque violin and the rabeca, two instruments with no apparent historic connection but that well represent the above described moment. The new usages and new contexts given to both these instruments in the contemporary world instigate the reflection about a possible sense behind these phenomena.

PIEDADE, A. T. C.; Fiaminghi, L. H. Rabeca Reborn: the revival of the Brazilian fiddle and the historical performance of music. In Michelle Castellengo et Hugues Genevois (dir.) La musique et ses instruments.1 ed. Paris : Éditions Delatour France, 2013, v.1, p. 497-508.

A teoria das tópicas e a musicalidade brasileira

O presente artigo apresenta uma aplicação da teoria das tópicas no caso da música brasileira. Para tal, inicia com uma reflexão sobre os conceitos de musicalidade, de fricção de musicalidades no jazz brasileiro e de fusão de musicalidades que se apresenta na invenção da tradição. A discussão segue com a questão da aplicabilidade da teoria das tópicas no âmbito de uma música nacional. Após isso, são apresentados alguns dos universos de tópicas da musicalidade brasileira, com exemplos musicais. Este artigo argumenta que o conceito de retoricidade traz bons rendimentos para a questão da significação musical e que a teoria das tópicas é viável para aplicação em outros contextos musicais além daquele para o qual foi designada sendo uma interessante via para a investigação dos nexos socioculturais nas musicalidades em geral.

PIEDADE, A. T. C. A teoria das tópicas e a musicalidade brasileira: reflexões sobre a retoricidade na música. El Oído Pensante, v.1, p.1 – 23, 2013.

Rhetoricity in the music of Villa Lobos

In this paper I propose an analysis of the music of Brazilian composer Heitor Villa Lobos under the perspective of musical Rhetoric and the theory of musical topics. I argue that this point of view makes it possible to understand a characteristic of his musical style that was not well discussed so far, which led some critics to claim that Villa Lobos’ music is excessively chaotic or formally disoriented. In fact, I claim he is using topics of Brazilian music in a special way. The paper starts by addressing the theoretical adaptation of the theory of musical topoi in the context of National musical styles. I discuss the pertinence of topics theory in this case, departing from several authors who wrote about topics, including Raymond Monelle, and I also use some concepts of the Group Mµ. I draw upon a concept of musical topics that is more interested in the forms of use of music figures than in their fixed structures itself, which can vary among several possibilities inside the universes of topics. Then I argue that Brazilian topics started to appear in the first decades of the XXth-century in parallel to the modernist movement in the Arts, also a time when key popular music styles were in consolidation and were especially important to the agenda of the intellectuals involved with the construction of Brazilian national music. After this I present the universes of Brazilian topics and discuss excerpts of works of Villa Lobos in order to show how they appear there and to argue that rhetoricity and density of topical meaning are important characteristics of his style.

PIEDADE, A. T. C. Rhetoricity in the music of Villa Lobos: musical topics in Brazilian early XXth-century music In: International Conference on Music Semiotics in Memory of Raymond Monelle, 2013, Edinburgh. Proceedings (online), 2012