Linhagens II, piano, 9’

Linhagens II tem como idéia geradora uma tábua de dezessete grupos ordenados de acordes e os dois significados da palavra “linhagem”: de um lado, a costura desses acordes por linhas internas; de outro, o parentesco com o sistema harmônico tonal pelo uso de tríades. Linhagens II é dividida em quatro peças I. 2′, II.  2′, III.  2, IV. 3′.

Acácio Piedade

(inédita)

Performance Alinhavos – Linhagens II, piano e eletrônica, 25′

Estreada em novembro no XIV Encontro Nacional de Criatividade Sonora (ENCUN 2016) em Porto Alegre, a performance Alinhavos – Linhagens II tem duração aproximada de vinte e cinco minutos e propõe cruzamentos e interações que alinhavam música, poesia falada e audiovisual. A idéia é alinhavar linhas da natureza, restaurar formas conhecidas, desdobrá-las, recriando-as através de música, imagem e palavra. Multiplicidade de linguagens que se interpenetram, que se estendem em um devir contínuo de traços em plasticidade móvel, que desenha o espaço visual e sonoro.

 Alinhavos – Linhagens II faz parte de uma série de trabalhos de Silvana Leal intitulada Alinhavos. São obras plásticas, visuais, performáticas e sonoras utilizando as linhas como base de material compositivo – a linha como investigação na construção de formas e ações inusitadas. O vídeo é uma colagem de três trabalhos anteriores de Silvana que, alinhavados nesta obra, são recriados em outra concepção.

A obra musical criada por Acácio Piedade para esta ação performática, concebida para piano e eletrônica, está baseada na obra para piano solo Linhagens II. A parte eletrônica de Alinhavos – Linhagens II  foi elaborada a partir de objetos sonoros criados com instrumentos musicais (tais como vibrafone, marimba, tímpano, bombo, pratos), sons de água, rangidos de madeira e outros materiais, alterados por manipulação e modulação digital.

Silvana Leal

Ouça aqui três trechos da estréia de Alinhavos / Linhagens II